You are here

Atentados matam 35 e ferem 100 no Iraque

Soldado americanoo monta guarda no local da explosão em Baiji. Foto Lusa/EPA/STRPelo menos 35 pessoas morreram e outras 100 ficaram feridas em três atentados praticados esta terça-feira no Iraque, contrariando as expectativas das autoridades ocupantes de que a violência estaria a reduzir-se.

 

O primeiro ataque ocorreu em Baiji, a cerca de 250 quilómetros de Bagdad. Um suicida explodiu um carro-bomba numa barreira de segurança numa estrada que conduzia a um complexo habitacional onde moram empregados da empresa Northern Oil Company. Morreram 23 pessoas.

O porta-voz do Ministério do Interior disse que o alvo era o checkpoint, controlado por membros de uma milícia local que auxilia as tropas americanas.

A explosão deixou uma cratera de dois metros e meio de profundidade na estrada.

Horas depois, um homem-bomba matou pelo menos dez pessoas em Baquba durante o enterro de um pai e um filho que tinham trabalhado para as tropas americanas. Além dos quatro mortos, há 20 feridos, também integrantes das milícias locais. Outro atentado em Baquba fez explodir uma esquadra de polícia, matando duas pessoas.

Termos relacionados Internacional