You are here

Afeganistão: Comando norte-americano pede mais tropas

O general Stanley McCrystal, comandante das tropas dos EUA e da Nato no Afeganistão, quer mais militaresA situação no Afeganistão continua a degradar-se. Nesta Terça-feira, mais quatro soldados norte-americanos morreram numa explosão. Com este atentado, o ano de 2009 é já o ano mais mortífero para as tropas estrangeiras desde 2001 e o comandante das tropas norte-americanas no Afeganistão transmitiu ao enviado do presidente Obama, que pretende o envio de mais soldados. Entretanto, foram divulgados os primeiros resultados parciais das eleições presidenciais, 5 dias depois de se terem realizado.

Quatro soldados dos EUA morreram nesta Terça feira no Afeganistão, na explosão de uma bomba à passagem do veículo em que seguiam no Sul do Afeganistão.

Com estas quatro mortes, o número de soldados estrangeiros mortos sobe para 295 em 2009. Segundo o site icasualties.org, que contabiliza as mortes oficialmente divulgadas das tropas estrangeiras nas guerras no Iraque e no Afeganistão, 2009 é já o ano mais mortífero para as tropas estrangeiras no Afeganistão e também para as tropas dos EUA, com 172 mortos. Em 2008, morreram 294 militares das tropas estrangeiras, cujas baixas têm subido de ano para ano. O actual mês de Agosto de 2009, com 63 mortos, é o segundo mais mortífero para as tropas estrangeiras no Afeganistão, abaixo do passado mês de Julho de 2009, com 76 baixas.

Perante o agravamento da situação, o comandante das tropas dos EUA e da NATO no Afeganistão, o general Stanley McCrystal, transmitiu ao enviado especial de Barack Obama, Richard Holbrooke, que pretende o envio de mais militares para a guerra no Afeganistão.

Entretanto, nesta Terça feira, cinco dias após as eleições presidenciais afegãs foram anunciados os primeiros resultados pela comissão eleitoral, segundo os quais Hamid Karzai, o actual presidente, recolhe até ao momento 212 mil votos (40,6%), mais 10 mil que o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Abdullah Abdullah (38,7%), seguindo-se em terceiro lugar, Ramazan Bashardost, com quase 54 mil votos, e Ashraf Ghani com cerca de 15 mil votos. A comissão não divulgou dados da participação, ao contrário do que tinha sido anunciado, mas pelos números divulgados a participação terá ficado abaixo dos 40%, muito menos que os cerca de 70% das eleições presidenciais realizadas em 2004.

Termos relacionados Internacional