You are here

Água: Armazenamento é inferior à média

Bacias hidrográficas com armazenamento inferior à média foto de alfonso benayas / flickrDe acordo com dados do Instituto da Água (Inag), mais de 80 por cento das bacias hidrográficas em Portugal estão com armazenamento inferior à média.

No final de Novembro apenas duas bacias, a do Ave e do Cávado, registavam valores superiores às médias de armazenamento do mês, as informações do Inag indicam que pelo menos três bacias hidrográficas registam diferenças superiores a 20 pontos percentuais.

As bacias hidrográficas do Sado e do Arade registaram os valores de 20,9 e 14,1 por cento de volume armazenado respectivamente, quando a média nesta altura ronda os 47,2 e os 37,2 por cento, uma redução de 26,3 e 23,1 pontos percentuais. O terceiro caso mais emblemático é o da bacia hidrográfica do Oeste, que registava no final do mês passado um armazenamento de 32,6 por cento, quando a média dos últimos 20 anos é de 55,1 por cento (menos 22,5 pontos percentuais).

Por outro lado, os números do Inag também revelaram que no último dia de Novembro e por comparação com o último dia de Outubro, registou-se um aumento do volume armazenado em seis bacias. Das 56 albufeiras monitorizadas, cinco apresentam disponibilidades hídricas acima dos 80 por cento do volume total e 23 têm disponibilidades inferiores a 40 por cento do volume total.

Termos relacionados Sociedade