You are here

Add new comment

Assumir a derrota com total dignidade é mais um factor favorável a uma excelente candidata de esquerda. Defendeu em circunstâncias difíceis (quanto a mim a mais prejudicada pela não campanha presencial), as lutas mais prementes da população portuguesa, nos diversos planos, como o social, o laboral, o climático, as migrações, etc..
Acaba derrotada nas urnas, mas não nas ideias e nos valores.
Um fascista, racista, xenófobo, homofóbico e ainda por cima malcriado, sem qualquer projecto a não ser o da defesa dos poderosos e recorrendo à agressão verbal e insulto gratuito foi, por seu lado, premiado com quase meio milhão de votos. Dá que pensar. Hitler deixou descendentes...