You are here

Add new comment

Caríssima Marisa,
nada será como anteriormente... Pois, naturalmente! A diferença, o prosseguir na diferença, está nas mãos de cada uma e cada um de nós. Não a esperança pela espera, mas esperança atuante, aquela realiza e conduz à mudança: de mentalidades, de modelos de viver, de atuar no TODO da Vida.

A Humanidade merece que prossigamos na escolha do nosso destino comum, enquanto desejo de mais dignificação do quotidiano.
É tempo de atuarmos, todos! Mas de modo diverso ao que os "donos" do Poder, nunca atingiremos o caminho a prosseguir, se formos titubeantes em propor modelos humanizadores... mesmo que tenhamos de caminhar sem "gerigonças". Os que as desejam, não querem mudar o Regime, mas servirem-se da Democracia para entreter as pessoas na indiferença, no pasmo... só assim eles permanecem. É preciso descobrir caminhos novos, mas diversos, não pisando o mesmos trilhos daqueles que se cobrem com a sombra do modelo atual de (des)governar.
Com estima, Mário Robalo