You are here

Add new comment

É coerente não concordar com um exército europeu quem não aceita a integração de Portugal na União Europeia mas torna-se incoerente aceitar representar Portugal no Parlamento da UE!