You are here

Add new comment

No caso concreto de Salvaterra de Magos o actual presidente de má memória e que vai ser afastado pela nossa candidata Ana Cristina, foi arrogantemente contrário a qualquer política ambiental. Pensava o sr. que, tal como trump, a política ambiental é uma coisa a fingir. As asneiras foram tantas que bem contribuirão para a sua queda do pedestal em que se tinha equilibrado, gestão displicenda do ecocentro, desprezo pela luta de despoluição do Tejo, continuação do uso do herbicida glifosato, ausência de política séria de educação ambiental (a começar pelo próprio). RIP Esménio!