You are here

Add new comment

Primeiro, disculpe o meu lamentável português.
Leo sempre com respeito os seus artigos por estar bem fundados, mas não este o caso nem o do seu compaheiro José Soeiro (não sei quem deve pagar copypright a quem).
Disse vocé: "O direito a decidir é agora o lema dos democratas espanhois"...¿Em verdade, de todos? Não, só duma pequena minoria de espanhois, maior em Catalunha, mas ainda asim minoria (nas últimas sondagems, um 35%).

Como o seu companheiro Soeiro, disse que o Governo de Madrid anulou o Estatuto de Autonomia de Catalunha. Falso. o Estatuto de Autonomia de Catalunha está vigente (mas o proprio Parlamento de Catalunha aprovou leis em contra os dias 6 e 8 de setembro, por isso o famoso referéndum é ilegal). O Tribunal Constitucional sim anulo algums artigos do Estatuto, como faz o TC portugues quando o Governo baixa reformas o vagas a funcionarios, por exemplo.

O Governo de Madrid não mandou arrestar a ninguém, foi um juíz e, ademais, catalão.

Isso do lado dos erros e da falta de conhecimento no artigo. Pelo lado do argumentario do artigo, é muito curioso que o seu apaxionamento pela independencia seja em realidade pela república e, por suposto, de esquerdas. Para chegar a isso vale tudo, incluso uma votação que rompe com o Estado de Dereito, ilegal.