You are here

Add new comment

A questão é linear: o Governo rompeu pela porta de serventia o acordo com o BE. Aumentar o SMN para o valor acordado e oferecer em simultâneo uma redução para as empresas que os trabalhadores vão pagar via OE = mais contribuições ou menos investimento público , é uma traição ao acordo.
O BE não pode ser conivente com políticas que retiram benefícios aos trabalhadores e impedem o crescimento do investimento público para o dar aos patrões.
Haja coerência. Romper mais tarde é mais oneroso e a imagem do Bloco é de apunhalar pelas costas aqueles que menos capacidade teen para resistir. É uma demissão .