You are here

Add new comment

A protecção dada às empresas de prestação de serviços impede as lutas dos trabalhadores nestas situações, por tempos infinitos. O Ministério do Trabalho sempre se alheou desta questão. Os sindicatos (quase todos) não cumprem a sua função, e há grupos destes trabalhadores que estão impedidos de terem sindicatos.
É um dever lutar contra este estado de coisas, que não dignifica quem trabalha e trata as pessoas como objectos ou coisas descartáveis.