You are here

Add new comment

Tenho carro, embora tente usar o mínimo possível e sou contra a exploração de petróleo e gás. Não faz sentido estar a apostar nessa energia quando existem outras soluções.

Mas é necessário criar condições para que se possa utilizar outras fontes de energia. Por exemplo, qual é a posição do bloco de esquerda relativamente à taxa de inscrição de uma produção fotovoltaica para autoconsumo? Isto é um travão ao investimento!! Claro que em comparação ao valor total do investimento é uma pequena %, mas quem teve esta ideia de taxar o sol? Agora não posso produzir a minha própria energia sem pagar ao estado?

Nova regras:
Sem venda do excedente
até 200w -> sem comunicação ( carregar telemóvel e ler à noite)
até 1.500 watts -> comunicação prévia ( para usar uma máquina de lavar roupa tenho de avisar!)
1,5 a 5 kW _> registo 70€
5 a 100kW _> registo 175€
100 a 250kW _> registo 300€
250 a 1MW _> registo 500€
taxas de inspecção periódica de 20% do registo. Ou seja, em 20 anos de uso 175€ + 20x(0,2x175€) = 875€ por autoconsumo!!

A maior parte dos lares cai no intervalo 3 a 8kW.

.