You are here

Add new comment

Nas tertúlias, nos "clubes de pensadores" e até na Assembleia da República talvez se possa discutir este tipo de assuntos com aquela "elevação" considerada civilizada e juridicamente correcta. Nos cafés, nos transportes públicos e em suma entre o Povo essa "elevação" já não faz tanto sentido e o que fica registado é mais que "à mulher de César não basta ser séria também tem de o parecer" e esta senhora à semelhança de tantas/os outras/os não o parece. Com isto tudo a politica e os seus atores aparecem como descredibilizados, não só os visados mas todos os que por cumplicidade ou por omissão vão permitindo que tais casos se multiplicam escandalosamente.