You are here

Add new comment

A minha esposa também foi no ano 2015 a uma junta médica em Leiria na SS por dificuldades em não poder já confeccionar as refeições e em pegar em pesos para esse fim e viu chumbada a sua pretensão, porque a médica que estava na Junta única entendeu que por uma simples análise de visão a minha mulher ainda andava. Em 1995 foi operada ao peito e mais tarde aos ovários. Em 2013, ou seja 18 anos depois surgiram novas complicações, fez radioterapia, quimioterapia e agora está a fazer um tratamento de imuno terapia. Os relatórios do IPO não lhe interessaram, aquilo que ela viu era que a m/ esposa ainda andava, como tal acabou a farsa. Ernesto Silva