You are here

Add new comment

Entendo que no Brasil, embora a legislação seja exemplar, não há diretrizes no sentido de um monitoramento das atividades das empresas pelas agencias de regulação e controle, a fiscalização é insólita e só funciona na base da punição para aqueles que pretendem a regularização ambiental. Infelizmente ainda veremos muitos desastres como esse, pois estamos longe de uma política ambiental pró-ativa e que realmente funcione, além do mais os órgãos ambientais viraram um sanhaço de dentistas, professores de educação física, advogados e administradores de empresas trabalhando na área de engenharia ambiental, florestal e exercendo ainda que nos cargos públicos atividades estranhas a formação profissional dessas pessoas, cito o IBAMA e ICMBIO, o CREA por sua vez deixou já de muitos anos de servir como agencia reguladora e de controle para campanhas políticas e masturbação profissional onde os verdadeiros interesses profissionais se transformaram em vaidade. Esse é o Brasil, ainda tem gente séria que quer trabalhar, no entanto esbarramos na politicagem e nas vaidades humanas além da desídia governamental em transformar o que era para ser uma coisa boa em um antro de corrupção. Enfim, fica a revolta de um profissional decepcionado com as políticas públicas e com os seres humanos que visam somente o poder, a ganância, o dinheiro as custas dos recursos naturais e vidas humanas.