You are here

Add new comment

Fiquei a pensar na análise dos termos "deficiência" e "surdez". Respeitando o facto das pessoas surdas não se considerarem deficientes, mas sim, uma minoria linguística em Portugal, a análise feita parece-me algo problemática. Uma pessoa que nasce sem pernas ou braços, por exemplo, não será considerada e não se definirá ela própria como "pessoa com deficiência" ou "incapacitada"?