You are here

Add new comment

Felicito o camarada Adelino Fortunado pelo tema e pelo artigo.

Não pela solução "palacianana" proposta a "Frente Contra a Austeridade". Esta pode fazer sentido nos equilíbrios políticos tácticos em desenvolvimento na sociedade Portuguesa e nesse caso a solução enquadra-se.

Parece-me que se se queremos chegar às pessoas e mobilizá-las, como o Syriza ou o Podemos para abanar o sistema e a transferência de riqueza sempre para os mesmos, outros mecanismos podem ser mais eficazes...

Há em Portugal uma contínua e tentacular expoliação das pessoas dos seus parcos recursos financeiros para vários fins como por exemplo combustíveis, telecomunicações, electricidade, gás, portagens e "ninguém" tenta "federar" estes possível focos de "federação" e protesto.

Porque não o sabem e preferem a comodidades das "velhas causas" e "velhas" formas de actuar como o pode ser a solução da "Plataforma" que apresentas camarada.

Para criar o "Podemos ou Syriza Português" os caminhos são outros passe a imodéstia deste cidadão de esquerda da província, como o sou.

Carlos Cabrita