You are here

Add new comment

Quando se tenta negociar dentro dos marcos da UE não poderia sair muita coisa além disso. A Grécia e outros países europeus, como Espanha e Irlanda, dependem desta relação com Alemanha. A questão é se o Syriza deveria ou não negociar dentro destes marcos em campo inimigo. O fato é que é necessário romper completamente com a UE/BCE/FMI e construir um país fora dessa lógica sistêmica, pois há vida fora dos marcos do capitalismo.