You are here

Add new comment

Saiu um ultimato. E agora?
Ainda que a réstia de esperança confirme a regra, o futuro parece decidido. Sabíamos todos que esta solução era uma hipótese com grandes probabilidades de vir a acontecer. O povo grego sabia que esta poderia no final ser a única solução. E agora?
Agora temos que mais uma vez sair em apoio do povo grego e do seu governo. Até á data fatídica do ultimato, temos muito barulho para fazer, mas mais do que todos os outros, a voz que é necessário ouvir hoje é a de Pablo Iglésias. Penso que aquilo que for o resultado deste ultimato, dependerá e muito da atitude de Pablo Iglésias nestes dias. O eurogrupo, a Alemanha e todos os outros não vacilarão se não sentirem que nas próximas eleições (na Espanha) sairá também um governo de rotura.