You are here

Add new comment

Dizia-me um amigo meu na noite de Ano Novo que o Syriza nunca ganhará as eleições, nem que para tanto os seus adversários tenham que recorrer à fraude eleitoral; e que, se ganhar, um governo seu nunca tomará posse nem que para tal seja preciso recorrer a assassínios políticos.

Eu discordei, mas fiquei a pensar. Um cenário destes eliminaria um perigo imediato para a oligarquia neoliberal, mas a revolta consequente seria de tal ordem que se traduziria, num futuro próximo, num perigo muito maior. E não só na Grécia, como um pouco por toda a Europa.

Não duvido que as elites financeiras da Europa são suficientemente corruptas para escolher a via que o meu amigo traçou. Mas serão suficientemente estúpidas?