You are here

Add new comment

SÓ É PENA QUE NINGUÉM TENHA REPARADO NUM TIPO DE MEXILHÃO QUE SE LIXOU...
E FOI BEM LIXADO:
– Está em vigor um ESBULHO de 25% que Portugal e Brasil praticam sobre as “APOSENTADORIAS” que cada um destes países transfere para residentes no outro. Não interessa a idade do aposentado, nem se está recebendo “aposentadoria” igual a salário mínimo, nada…!
É como se fosse metralha, atirando em tudo que mexe…!
Cada ESBULHADO é levado a pensar que a “CULPA” não é do governo do país onde reside, mas sim do outro…!
Se pensarem um pouco, logo vão concluir que os dois governos são cúmplices nesse ROUBO.
A ESPANHA, por exemplo, não alinhou no ASSALTO…
Os residentes em ESPANHA estão a salvo…!
O governo de PORTUGAL diz que se trata de respeitar um tal “ACORDO PARA EVITAR DUPLA TRIBUTAÇÃO E EVASÃO FISCAL”.
Conversa para boi dormir…!
Estão fazendo de nós bobos? A ESPANHA também tem esse tal ACORDO…!
Será que, desde maio/2013 (mês em que teve início o ESBULHO), ainda ninguém se apercebeu do CINISMO de tal justificação? Vejamos:
1.- Ainda que os ESBULHADOS fossem tributados no Brasil e também em Portugal, quando é que a soma dos dois tributos iria atingir a ASTRONÓMICA percentagem de 25% (vinte e cinco por cento) ?
2.- Quanto ao PERIGO DE EVASÃO FISCAL, temos conversado:
Como seria possível tal EVASÃO, num cenário em que todas as transferências de mensalidades são processadas por organismos governamentais dos dois países intervenientes.
As únicas REGRAS DO JOGO, seriam aquelas que derivam do ACORDO DE SEGURANÇA SOCIAL, celebrado entre os dois países, e que vem agora sendo “INVADIDO e VIOLADO”, pela prática deste ESBULHO IMORAL.
Os ESBULHADOS continuam aguardando que alguém, ainda que por questões meramente humanitárias, se digne PÔR A BOCA NO TROMBONE.
Talvez, perante o “ALARME SOCIAL”, os (ir)responsáveis ganhem vergonha na cara…!