You are here

Add new comment

Uau, que artigo inteligente e profundo!... Mesmo inteligente e profundo!... É muito mais lúcido, por contraste, adoptar a conduta que tem sido típica, por exemplo, do México, claro, claro...
(E obviamente a intelligence norte-americana não tem nada a ver com a produção académica "independente" mexicana, claro, claro...)