You are here

Add new comment

Espantoso, agora o Francisco Louçã FUNDADOR do BE, estaria impedido de dar a sua opinião , sobre factos que atingem directamente o Partido.

Ora aqui está um concepção sui-generis de democracia, e do direito á opinião de qualquer cidadão.

Com a saida de Ana Drago e de alguns militantes ligados ao Manifesto assistiu-se na imprensa, e nas Televisões a um ataque cerrado ao BE, dando-no no minimo como morto e no final enterrado para sempre.

Desde Marcelo ao Augusto Santos Silva, do Jornal I ao Publico e Expresso, foram alguns dos protagonistas desta campanha, que não é inocente e que no caso do Publico e do Expresso, sabe-se que tem sem dúvida , mãozinha de "reaça".

Espera o Joaquim Sá que o PS Costa possa alterar a sua posição, como parecem acreditar o Daniel Oliveira e certamente o Rui Tavares, só que Costa já demonstrou que não quer afrontar a Merkel, e teremos caso o PS viesse a ganhar as eleições um Hollande numero dois, e isso sim, seria desastroso para a ESQUERDA.

È necessário que todos os dirigentes politicos sejam transparentes, é necessário que não se escondam atrás de meias palavras, com o Tratado Orçamental, e sem a Reestruturação da Divida, não há Estado Social, não se fazem omeletes sem ovos.

É tempo de SEPARAR AS ÁGUAS.