You are here

Add new comment

Obrigada Rita Gorgulho pelo teu comentário atento e oportuno.
Acrescentaria que aqui há outra questão, do lado de responsáveis pela educação: há quem escolha escolas públicas para as suas crianças precisamente pelo dever de laicidade que lhes está subjacente. Ao serem confrontadas com esta medida retrógrada, essas responsáveis ficam sem alternativa e confrontadas com mais uma «inevitabilidade». É às famílias que competem decisões deste tipo - educação religiosa ou não - às crianças competirá mais tarde decidir pela sua própria cabeça. A escola pública serve para transmitir conhecimentos, as ideias religiosas têm de ficar de fora.
Infelizmente há diversos interesses que se estão a aproveitar dos vazios criados pelos governos neoliberais para avançarem com os seus projetos próprios, de preferência fora do escrutínio público.