You are here

Add new comment

Este é um dossiê necessário. Os textos oferecidos transcendem a retórica política maniqueísta e ajudam a elaborar um panorama complexo a respeitos dos impactos da Copa do Mundo no Brasil. É evidente que este megaevento exacerbou uma série de dinâmica excludentes que já vêm caracterizando, há décadas, a vida democrática no país. Dinâmicas que o governos de esquerda não soube confrontar de maneira decisiva. A Copa do mundo acelerou e intensificou processos de gentrificação das cidades, higienismo social, criminalização dos movimentos sociais, instauração de paradigmas de segurança pública baseados na generalização da suspeita e do controle. Isso para não falar dos ataques à soberania nacional representados pela chamada Lei da Copa. Em fim, é fundamental ponderar sobre os sentidos e as consequências do que está ocorrendo no Brasil hoje, sem obturar nossa capacidade de reflexão crítica com a imposição de esquemas de pensamento maniqueístas do tipo: com o governo ou contra ele.