You are here

Add new comment

Na verdade a Troica não tem legitimidade democrática pois não foi sufragada pelos portugueses em particular e pelos europeus na generalidade no entanto o PE aprova todas as suas políticas nefastas e sem legitimidade democrática impostas autoritariamente aos países do sul dessa mesma Europa, com a anuência de alguns rapazes e raparigas sempre dispostos a serem subservientes a certos interesses que não os dos seus povos.
Onde está a solidariedade entre os povos para qual a UE em princípio e como princípio foi construída?
Parece que estes tempos difíceis em que os liberais e seus aprendizes enfeudados aos grandes interesses económicos, para quem a felicidade dos povos e a dignificação das pessoas nada conta vieram para ficar pelo menos até que o amorfismo que é dominante se transforme num grito de dignidade e aponte outro caminho,
O seguidor em Portugal dessa profecia da desgraça que nos empobrece enquanto povo e pessoas liberaliza ainda mais a legislação laboral protegido pelo presidente que veio do Algarve mais os Troicanos e amigos dos alemães que enriquecem nessas políticas de terror para os demais, esperemos que não seja tarde, e que nas próximas eleições europeias se demonstre que somos um povo sério trabalhador, mas com dignidade e perceção daquilo que não nos serve e com certezas que queremos,
Mais uma vez obrigado Marisa por esclarecer e pôr a claro a ilegitimidade de todas estas situações, embora tivessem passado 40 anos apesar de termos já alcançado a Paz ainda nos fazem falta O Pão, Liberdade, a Terra e a Independência Nacional