You are here

Add new comment

Ahh, a Praxe... Aquele bode expiatório que nunca morre, e nunca responde quando é provocado. Odiada por todos aqueles em que tocou que não tinham espinha para bater o pé no chão e dizer "não faço, não está certo!". O perfeito saco de pancada.

Já sentia saudades de algum ódio gratuito.