You are here

Add new comment

ISto é o q se chma uma aula rápida de historia.
É certo q a inflção parce-me teve mais encostada ao inicio da republica E então não foi a crise de 29 q provocou de facto um slump-deproduto e emprego na alemanha ,foi! Mas a fragilidade financeira de Weimar foi continua ,tinha o suporte da América (a sua grande aliada é preciso não esquecer ,não é assim chico) o tesouro americano + os banqueiros é q punham lá os capitais ,era ,para eles chutarem a divida d guerra com a França e a Inglaterra...

Mas paremos um bocadinho para pensar. Foi Shäubel ou Adenauer q montaram o Bundesbank? Ná! q treta, nem eles nem nenhum primo antepassado de Guilherme. Quem montou o Bundesbank foi o Truman , o Marshall e os economistas da FED. Aquilo até tem a simetria da FED ,com agências regionais. Mas só foi assim pq dedicar os alemães à pastorícia não era "humano".. mas foi pensado ,ainda antes de perdoarem a dvida. a germania é um pais mto singular pois é

Agora: Pq é q os americanos então fizeram "assim" o banco central? Q quisessem copiar a fed na arquitetura percebe-se. há smp qualquer coisa de analógico no raciocinio privado.. mas.. terão sido os alemães "a elite alemã" do imediato posguerra q assoprou em americanês e por necessidade diplomática aos soviéticos "ESTABILIDADE DE PREÇOS?"

altamente improvável ,em germannia anno zero há mile umas outras sörgen imediatas (Montar o Instituto de Frankfurt p.e). Foram os "economistas da fed"? "foi marshall?" "foi estaline"? Não m parece q alguem o tenha até hoje apurado. Uma coisa é certa , a impressão monetária por hitler para crescer a economia alemã em 30 teve uma eficácia que deixa Bernanke a desejar-se por tremoços.. e um oásis na Líbia

Aliás é de uma ingénua barbariedade o be-á-bá do economÊs. O que os Aliados queriam era uma Alemnanha fraca: explico-me: o estado é o executivo , o legilativo , o judicial e o banco central. O Direito Alemão e o SPD garantem a primeira parte ,o Bundesbank autonomo garante a segunda.. Pois exército nem sequer há... há Bases americanas! [friedman só se cruzou com Schwarz em 60 e Hayek so chegou a Freiburg tb n mesma "década" ]..Lustros, senhores, Lustros é que é a verdadeira atitude ,são períodos de 5 anos O tempo do amor.

Mas no século XXI sejamos francos: O Euro e estabildiade de preços (2%; 1,5 , 0,2 ;vide tb os diferenciais ,até hj a alemanha teve sempre abixo da média.. sempre.. quer dizer na casa dos 1! 1!!!!!) é o zénite q aparenta a burguesia acumuladora alemã.. nunca tiveram tanto dinheiro (mto dele no BCE de-facto) e a inflação é supostamente o seu inverso de valor correto.
Qto à ideologia é só uma: A Alemanha tem um discurso sobre a moeda ,um discurso para "o social" que não há mais lugar nenhum do mundo nem nunca houve.. Por causa de Hitler ? Grande treta! Por causa da burguesia , de "Weidmman" e "Asmussen", Mas onde é q estes tipos recolhem na historia da humanidade ,e de adao e eva? Há aqui uma preversão qualquer.. tem de haver.. deve ser "o materialismo historico althusseriano"...

Mas como diz a Marina: olhemos os indicadores: E a última vez q olhámos para os indicadores: a rejieçao do euro pelos alemães caiu de uns pos-hisotricos 60% para 30 ,ou coisa q o valha ,já nem mlembra em q publicação foi ,mas foi ontem ou anteontem da semana passada. Explicação: Merkel teve quase maioria absoluta. Meus Senhores: Merkel teve quase maioria absoluta.. Não vale a pena estarmos com mtas coiversas. Politische

A direita e a Frente nacional em frança vão à frente. e sejamos justos: não é por causa dos ciganos. nesse ponto é o ministro de hollande q arremata as Sujeitas. "Sra professora, fala o presidente da camara.. ,vamos ter eleições.. a menina tem de sair.." ;isto faz lembrar alguma coisa?