You are here

Add new comment

Falta esclarecer uma coisa no seu comentário: se o Banif não cumprir com o pagamento do empréstimo e abrir falência, o que é que acontece aos 2250 milhões das garantias e do empréstimo da troika? A troika vai encolher os ombros ou acaba por ser o contribuinte a reembolsá-la por via das garantias do Estado? Pois, parece-me que é este o desenlace mais provável nesse cenário.

A mim parece simples o moral desta história: tal como no BCP e no BPI, a dívida pública continua a ser transferida para capitalizar os bancos privados e acabaremos todos por pagar a má gestão do banco que financiou os últimos 25 anos de desvario orçamental de Alberto João Jardim.