You are here

Add new comment

Lamento mas apenas tenho dó dos "nossos" filhos que, tal como eu, descobrirão aos 40 que são, foram e serão escravos dos interesses corporativos e financeiros que nem vão entender nem conseguir personalizar num rosto.