You are here

Add new comment

O prémio não foi atribuido por Passos Coelho. Foi atribuido por um juri constituido por escritores e poetas. Maria Teresa Horta apenas recusa recebê-lo das mãos do primeiro-ministro, o que para mim me parece bem coerente.