You are here

Add new comment

Eu estive na manifestação, sou uma das vítimas e vou processar o referido cavaleiro. Não acho razoável, entretanto, colocarmos "no mesmo saco" o agressor e a GNR. A polícia com as limitações que tem, agiu, evitando um mal maior, tendo sido desobedecida inclusive, pelo agressor, que parecia não querer parar. Nem a polícia nem ninguém ali contava que um cavaleiro se aventurasse para onde nós estávamos. Era impensável. Tratar o "Mentes" e a GNR nos mesmos termos é ingenuidade política. Acho que se não estivesse lá a polícia teria havido mortes, porque ele voltaria a atacar. Como vítima, quero que o debate sobre o assunto do protesto tenha seguimento (o fim das touradas) e quero realmente a punição do cavaleiro, não quero apenas blá-blá-blá entre partidos e organizações, uns a cobrarem dos outros. Quero ver quantas pessoas levarão adiante a denúncia feita. Lembrem-se: não é a GNR que organiza touradas, mas empresas caçadoras de dinheiro fácil, que devem ser investigadas.