You are here

Add new comment

Na realidade "alguém...que acede ilegalmente a sistemas informáticos" é um cracker, e "alguém que rouba" é um ladrão. Na informática se esse alguém "copiar" e não "apagar" o original na realidade não rouba,porque o dono não fica privado do original,apenas copia,e a isso há quem goste de chamar "pirataria".
Sempre que os jornalistas copiam informação privada/proprietária que depois divulgam ao abrigo do seu legitimo trabalho,na realidade estão a fazer aquilo que os lobbies de conteúdos chamam de "pirataria". Se calhar não deviam ficar tão ofendidos quando alguém lhes chama "piratas",afinal de contas é isso mesmo que quer quem os chama assim.
Vejam o exemplo das pessoas que antes partilhavam com os amigos de mão em mão e que hoje,ao o fazerem pela net,passaram a ser chamados de "piratas". O que fizeram elas? Retiraram o estigma da palavra ao a assumirem e até fundarem partidos com esse nome.
O poder da ofensa nunca está na mão de quem a tenta mas na receptividade de quem é o seu alvo.