You are here

Add new comment

De acordo, menos na questão mais polémica. Não consigo entender a racionalidade para a taxação de meios de armazenamento. Não consigo entender a que propósito temos de pagar uma taxa para termos o direito à cópia privada. Não consigo entender porque o dinheiro da taxa vai para uma organização corporativa, a SPA, para que o distribua como entender entre os seus associados.
Isto não é uma solução "menos má", comparada com a "solução ótima" de criação de um fundo público para apoiar a produção cultural independente. Isto é uma solução péssima e não consegui até agora encontrar nenhum argumento que me convença do contrário.