You are here

Add new comment

É uma medida lúcida. O abuso do SNS deve ser corrigido como uma das medidas destinadas a garantir, quer a sua sustentabilidade, designadamente reduzindo a taxa de medicação desnecessária, evidente em várias classes de fármacos, tais como as estatinas, os tranquilizantes e os antibióticos, quer o seu bom funcionamento, através da redução do recurso desnecessário ao serviço de Urgência. Embora se possam considerar soluções intermédias, tais como a redução da taxa para os doentes com situações consideradas emergentes ou urgentes no processo de triagem (triagem "vermelha" ou "laranja", pelo sistema de Manchester).