You are here

Add new comment

O TPI só indicia o lado dos vencidos, senão há muito que Bush, Rumsfeld e Blair estavam presos. Mas a questão que levanto não é essa. A questão é se Khadafi é defensável, sob qualquer ponto de vista, se houve ou não uma legítima mobilização anti-Khadafi (que a Nato fez tudo para desvirtuar), e se devemos ou não condenar os massacres que Assad está a cometer na Síria usando artilharia contra o próprio povo.
Quanto à referência à Rosa Luxemburgo, neste contexto, só pode ser piada de mau gosto. Você leu o artigo? Tem a certeza? Onde está lá o apoio à intervenção da Nato? Sejamos sérios.