You are here

Add new comment

Caro Vasco,
Primeiro: não insultei ninguém. Discuti argumentos com a "esquerda que defende Khadafi e Assad", sem nomear ninguém. Quem quiser, como parece ser o seu caso, que vista a carapuça.
A Nato não teve qualquer legitimidade para fazer a intervenção, e ainda violou o mandato que recebeu da ONU. Nisso estamos de acordo. Na minha opinião, essa intervenção teve o efeito perverso de espalhar a confusão entre os que se mobilizavam já contra Khadafi, e foi feita para que os EUA não perdessem o controlo do processo, devido à riqueza do petróleo. O Vasco diz que não houve revolução alguma na Líbia. Pois olhe, antes da intervenção da Nato o que tivemos foi uma revolução, sim senhor, com a vanguarda em Bengazi. O que haverá agora ainda está para se ver. Mas o que eu gostava de ouvir de si é se o regime de Khadafi era ou não uma ditadura.
Quanto às teorias da conspiração, sinceramente, é tema que me agrada para a ficção, mas que não vejo grande utilidade na política.