You are here

Add new comment

Estimados,
Gostaria de ver esclarecida e explanada a questão da "captação de cerca de 40 por cento dos salários pagos aos trabalhadores".
Como é que isto é possível?

Imaginemos o seguinte caso.
Trabalhador:
Vencimento 500,00€
Custos legais: 75% (Seg. social, Seguro, Formação, Indemnização por Caducidade, Férias, Subsídio de Férias e Subsídio de Natal).
Margem comercial: 15%
Ora então 500,00€ + 75% = 875,00€ de custos, e 500,00€ + 90% = 950,00€. A ETT "ganha" 75,00€, mas quem paga é o cliente, não é o trabalhador.

Nem todas as ETT's são ilegais, e nem todas são contra o sistema. Neste momento estão a ser procuradas pelo Estado, por Sindicados, Universidades, etc. Há os chamados "patos bravos" do sector, como em todos. Agora há sem sombra de dúvida exemplos de rigor, legalidade, e muito importante, com papel de destaque na evolução social.

Abraço.
FF