You are here

Add new comment

A verdade de que "perdemos porque ganhou a Direita", devem-se somar ainda outras duas:
1) A eleição representou o último capítulo da "direitização" total e completa do PS. Nunca eles tiveram um candidato mais claro para defender o essencial dos postulados da esquerda plural.

2) A esquerda, no seu sentido mais amplo, perdeu porque está dividida. Como tal é incapaz de dirigir um movimento social alargado, capaz de derrota a direita. Quanto mais demorar a unidade de trabalhadores,de pequenos comerciantes e agricultores, estudantes, crentes, e laicos, independentes, num movimento encabeçado pela esquerda orgánica, a direita continuara a ganhar, apoiada numa ideologia conservadora secular enraizada nas mentes dos portugueses. A mesma ideologia que fez os os eleitores escolheram a Direita para salvar-los da crise!
O intento que fizemos com Manuel Alegre é um exemplo desse desejo unitário. É preciso persistir nele. Não há outra via para chegar ao poder.