You are here

Add new comment

Em Portugal o que realmente precisamos de articular, custe o que custar, é uma frente social e política!
Os obstáculos chamam-se míopia política, sectarismo, complexo identitário, privinciadnismo e incultura política e cívica, no mais extremo grau PATOLÓGICO.

UMA FRENTE SOCIAL E POLÍTICA!
Temos de perceber de vez que o «pcp» , o «be», etc, são controlados pelo menos em parte, por algumas «raridades museológicas» que se movem e têm poder real dentro dessas agremiações... eu posso dar inúmeras provas concretas do que digo, mas os/as visados/as sabem que é deles/as que falo!
MB