You are here

Add new comment

Obrigada, Ricardo Coelho, por promover este debate.
O questionamento de hábitos instalados e da moral vigente é um papel que sempre coube à esquerda. A ética não se pode retalhar para usarmos os farrapos que melhor se adequam aos nossos gostos, e é absolutamente anacrónico quem se diz de esquerda defender o que quer que seja com o argumento frouxo da tradição. Como é igualmente anacrónico ameaçar com o espectro de extremismos para defender o indefensável. Se é para discutir touradas, façamo-lo seriamente e não agitando bandeiras de catástrofes iminentes (não que eu considere o vegetarianismo uma catástrofe, pelo contrário, aliás o relatório da ONU de 2006 sobre a perda de biodiversidade - bem como n estudos de outras proveniências -, aponta-o como o último reduto para salvar o planeta). Mas essa é uma questão para outros debates igualmente interessantes.