You are here

Add new comment

O Marco tem razão quando diz que a população em geral tem de ser ganha para esta causa. Sem dúvida. Debatermos aqui e noutros locais este tema é já um contributo.
Mas não acho que tenha razão em assumir que «organicamente» o problema se resolverá. Não há um sentido, um porvir delineado para a história. Essa temos de a fazer nós. O presente mostra que passado, contemporaneidade e futuro se imbricam para formar o que apelidamos o nosso quotidiano. Mas nada assegura que, se deixarmos esta questão para depois, para depois de as questões económicas mais prementes estarem resolvidas, o problema das touradas se resolve porque fica obsoleto pelo novo contexto assim criado. Não é assim tão mecânico. A história tem-no provado. E além do mais, umas vitórias reforçam as outras, nunca as prejudicam.
No movimento popular lutas adicionam-se a lutas, direitos reforçam direitos, com sentido de oportunidade mas não de hierarquia.