You are here

Vírus Zika chega a Espanha

Responsáveis de saúde espanhóis anunciaram esta quinta-feira que detetaram o primeiro caso conhecido de microcefalia no feto de uma mulher grávida infetada com o vírus Zika.

"Uma mulher grávida estava infetada com Zika e dengue e o feto mostrava várias malformações", anunciou em comunicado a autoridade para a saúde da região da Catalunha.

De acordo com as autoridades espanholas, todos os casos de infeção (onde se incluem 13 mulheres grávidas) são "casos importados", detetados em pessoas que "ou são ou estiveram em países afetados" da América Latina, noticia a TSF, adiantando que “este é o primeiro caso de microcefalia relacionada com o Zika em Espanha”.

Infeções tiveram início em 2015

Recorde-se que as infeções provocados pelo vírus Zika tiveram início em 2105, no Brasil, onde 1,5 milhões de infeções foram registadas e, a partir daí, a epidemia atingiu outros países situados no continente americano.

Para a comunidade científica, o Zika pode ser responsável pelo aumento do número de nascimentos de bebés com microcefalia, uma malformação em que as crianças nascem com a cabeça demasiado pequena podendo igualmente provocar danos cerebrais.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Zika, Sociedade
(...)