You are here

Turquia: Estado de emergência prolongado por mais três meses

O Parlamento turco aprovou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que está em vigor desde a tentativa de golpe de Estado de 15 de julho.
O regime de Erdogan continua a suprimir as liberdades no país. Foto Almanar News.

O governo turco, que pediu ao Parlamento um prolongamento do estado de emergência, justificou esta pretensão com a necessidade de “eliminar a influência do movimento de Fethullah Gülen nas instituições públicas do país”.

O estado de emergência confere poderes especiais ao governo para demitir funcionários e encerrar associações e orgãos de comunicação social, além de permitir o prolongamento da detenção de pessoas que ainda não foram julgadas.

Na base deste pedido, esteve o atentado numa discoteca de Istambul no primeiro dia do ano e que provocou 39 mortos e 69 feridos.

O estado de emergência, que será prolongado pela segunda vez, já levou à detenção de pelo menos 37 mil pessoas.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
(...)