You are here

Trump escolhe advogado do Goldman Sachs para regulador da bolsa

Depois de nomear responsáveis do Goldman Sachs para liderar as finanças e o aconselhamento económico da Casa Branca, Donald Trump propõe o advogado que representou o banco no resgate de 2008 para liderar a regulação do mercado financeiro.
Donald Trump
Foto Gage Skidmore/Flickr

A equipa de transição de Donald Trump anunciou que Jay Clayton é o nome a propor ao Senado para liderar a Securities and Exchange Commission, a entidade reguladora também conhecid por “polícia de Wall Street”. Segundo a agência Bloomberg, o sócio do escritório de advogados Sullivan & Cromwell, especializado em representar a banca e fundos de investimento, irá “assegurar que as nossas instituições financeiras irão prosperar e criar empregos, ao mesmo tempo que seguem as regras”.

Jay Clayton representou o gigante da banca mundial Goldman Sachs no resgate financeiro de 2008, em que os cofres públicos injetaram 10 mil milhões de euros no banco. Com esta nomeação, a futura administração Trump conta com três figuras ligadas ao Goldman Sachs em lugares chave: a pasta do Tesouro, ocupada pelo ex-sócio Steve Mnuchin, e o conselheiro principal de Trump para a área económica, cargo que irá desempenhar o presidente do banco, Gary Cohn.

 

(...)