You are here

Soflusa com pré-aviso de greve para 12 de junho

Depois do governo ter chegado a acordo com os mestres, há outras categorias profissionais a exigir ter “o mesmo tratamento”.
Barco Soflusa
Foto Diogo Duarte/Flickr

“O Sindicato da Mestrança e Marinhagem da Marinha Mercante, Energia e Fogueiros de Terra (Sitemaq) avançou com um pré-aviso de greve para o dia 12 de junho, de duas horas por turno. A nossa intenção é ter o mesmo tratamento que o poder político e o conselho de administração tiveram com uma categoria na Soflusa”, disse à agência Lusa Alexandre Delgado, do Sitemaq, afeto à UGT.

Este sindicato promete continuar as paralisações de duas horas por turno a partir de dia 12 por tempo indeterminado, todas as terças e quintas-feiras. E prevê que esta situação “vai ter contágio, porque os trabalhadores da Transtejo também estão a ponderar avançar para greves”, acrescentou o sindicalista.

Também os sindicatos filiados na Fectrans, afeta à CGTP, reuniram esta terça-feira para denunciar os “problemas estruturais” na Transtejo e Soflusa, que têm provocado “sucessivos constrangimentos no funcionamento das duas empresas” e que são “agravados” pelo conflito laboral existente. “A solução encontrada pelo governo na passada sexta feira, com vista à resolução de um conflito existente, excluiu da solução a esmagadora maioria dos trabalhadores da Transtejo/Soflusa, o que por si só, criou novos conflitos laborais”, adiantam estes sindicatos.

Os sindicatos filiados na Fectrans vão pedir reuniões com a administração da Trastejo/Soflusa e com o Ministério do Ambiente e defendem o início de um processo de negociações “no qual devem ser incluídas as reivindicações inerentes ás restantes categorias agora excluídas – Marinheiros, Maquinistas, Comerciais; Oficinais e outras”.

Termos relacionados Sociedade
(...)