You are here

Sessão no Tivoli pela democracia e contra o golpe no Brasil

Um grupo de personalidades da política e cultura portuguesa juntam-se esta sexta-feira às 17h30 ao ator brasileiro Gregório Duvivier no Teatro Tivoli, em Lisboa.

“Somos um povo solidário. Artistas e jornalistas, políticos e cantores, humoristas, escritores e atores, somos trabalhadores, tanta gente. Somos cidadãs e cidadãos que, deste lado do Atlântico, se recusam a ignorar e denunciam o golpe que está em curso no Brasil”. Assim começa o texto da convocatória para o encontro desta sexta-feira à tarde no Teatro Tivoli.

O apelo é subscrito por personalidades ligadas à política – Pacheco Pereira, José Soeiro, Isabel Moreira, Mariana Mortágua, Bruno Dias, Joana Mortágua, entre outros – e à cultura – Gonçalo M Tavares, Alexandra Lucas Coelho, Ricardo Araújo Pereira, António Zambujo, Miguel Guilherme, Luísa Costa Gomes, entre outros.

“Em nome da democracia, juntamos as nossas vozes à de Gregório Duvivier e às de todas as brasileiras e brasileiros que resistem a esta farsa política que não resolve nenhum dos problemas do Brasil, apenas afasta de forma ilegal um Governo democraticamente eleito”, refere a convocatória, que também critica a polémica formação do governo de Michel Temer.

“Somos negros e mulheres, jovens e velhas, artistas, gays e de muitas cores. Somos tudo o que o novo Governo de Michel Temer não é, somos democratas que se recusam a aceitar um Governo ilegítimo e a sua agenda não sufragada” concluem os subscritores.

Termos relacionados Política
(...)