You are here

Sarkozy será julgado por corrupção

A justiça francesa levará Nicolas Sarkozy a julgamento. O caso foi revelado por escutas telefónicas e o ex-presidente de França é acusado de corrupção de um magistrado.
Fotografia: commons/wikimedia.org
Fotografia: commons/wikimedia.org

O Tribunal de Recurso de Paris rejeitou esta terça-feira os últimos recursos de Sarkozy, do seu advogado Thierry Herzog e do antigo magistrado Gilbert Azibert para evitar o julgamento por “corrupção e tráfico de influências”. Assim, o julgamento deverá realizar-se nos próximos meses.

O processo resulta de escutas ao telefone do ex-presidente, executadas por ordem judicial. Havia sido necessário esclarecer suspeitas de que Sarkozy teria recebido dinheiro de Muammar Kadhafi para financiar a campanha eleitoral de 2007.

As escutas revelaram ainda conversas entre Sarkozy e o seu advogado sobre a necessidade de obter informação sobre um processo que investigava o alegado dinanciamento ilegal da campanha de 2012 por Liliane Bettencourt, herdeira da L'Óréal. Sarkozy acabou por ser ilibado deste processo. O juiz em causa era Gilbert Azibert, a quem Sarkozy prometeu, em troca de informações, interceder para que viesse a ocupar um cargo judicial de grande importância no Mónaco.

Sarkozy será o primeiro ex-presidente de França a ser julgado por corrupção.

Termos relacionados Internacional
Comentários (1)