You are here

Saldos proibidos entre o Natal e 9 de janeiro

Esta decisão faz parte do plano do Governo para conter a propagação da pandemia. Prazo de devoluções e trocas de produtos vai ser alargado até ao fim de janeiro.
Saldos - Foto de *L | Flickr

Em comunicado, citado pelo Jornal de Notícias, o Governo determinou que “entre os dias 25 de dezembro de 2021 e 9 de janeiro de 2022 são proibidos, em estabelecimento, práticas comerciais com redução de preço”.

Além da proibição dos saldos, outra das medidas é o alargamento do prazo de devoluções e trocas de produtos. “O prazo para o exercício de direitos atribuídos ao consumidor, que termine entre os dias 26 de dezembro e 9 de janeiro, ou nos dez dias posteriores àquele período, é prorrogado até 31 de janeiro de 2022”, informa o Governo.

O país está em contenção até, pelo menos, 9 de janeiro de 2022, numa tentativa de controlar a propagação da pandemia da covid-19.

 

Termos relacionados Covid-19, Sociedade
(...)