You are here

“A renegociação da dívida é essencial”

Para Marisa Matias “enquanto o dinheiro estiver a ser completamente direcionado para o pagamento do serviço da dívida não teremos serviços públicos de qualidade, nem Estado Social, como devemos e temos direito a ter”.
Foto de Paulete Matos

Coube esta terça-feira a Marisa Matias medir forças com o candidato Henrique Neto, que criticou por este se apresentar anti-sistema, mas ao mesmo tempo ter defendido que o Presidente da República deveria ter imposto como solução um Governo de bloco central. “Para mim é uma contradição nos termos, porque essa é a solução mais sistema que se pode encontrar num contexto destes”, frisou Marisa Matias.

Em democracia há sempre alternativas

Marisa Matias realçou que pertence a uma geração em que a maior parte das pessoas da sua idade “vive numa situação de precariedade, quem tem emprego!”, tendo sublinhado que uma parte significativa nem emprego tem. Para a candidata “a questão do trabalho com direitos e o combate à precariedade são absolutamente essenciais, hoje, aqui e agora".Para a candidata presidencial “em democracia há sempre alternativas”, e sublinhou que as medidas que estão a ser tomadas, resultantes dos acordos assinados à esquerda, fazem parte de “um caminho para começar a quebrar o ciclo de empobrecimento e de austeridade”.

A candidata defendeu, ainda, que “a renegociação da dívida é essencial”, mas que “é preciso haver vontade política para iniciar um processo”, tendo destacado que até o próprio FMI já veio reconhecer que Portugal deveria ter começado por uma renegociação da dívida. “Enquanto o dinheiro estiver a ser completamente direcionado para o pagamento do serviço da dívida, dos juros da dívida, nós não teremos serviços públicos de qualidade, não teremos Estado social como devemos e temos direito a ter, e no entanto as pessoas nunca pagaram tantos impostos para que esses impostos vão diretamente para o serviço da dívida”, lembrou.

Enquanto o dinheiro estiver a ser direcionado para o pagamento de juros da dívida não teremos Estado Social

Num resposta ao candidato Henrique Neto, Marisa Matias salientou gtambém que “falar de despesa no sentido de não ser sustentável é muito generalista”. Para a candidata, é fundamental ver se a despesa é útil ou não, e identificou como exemplo de uma "má despesa" aquela que está “associada ao serviço da dívida”, em que dos 231 mil milhões de dívida, pegamos em 61 mil milhões para pagar juros e serviços da dívida até 2020, bem como “as despesas com as parcerias público-privadas” e com “todo um conjunto de negociatas”. Já se estamos a falar de “aumentar os salários e as pensões, de garantir condições de dignidade de vida às pessoas, do serviço nacional de saúde, da escola pública”, essa é uma boa despesa e é “para isso que serve o Estado”.

“Penso que não há melhor despesa do que aquela que possa retribuir a dignidade à vida das pessoas”, salientou.

A candidata defendeu, igualmente, mais justiça social em Portugal, e classificou como “uma vergonha” que “as pequenas e médias empresas e os trabalhadores não podem escolher pagar impostos noutro sítio”, mas já “19 das 20 empresas cotadas no PSI20 decidiram que pagariam os seus impostos na Holanda”. Marisa referia-se a empresas como a Jerónimo Martins e a SONAE, que “acham muito bem ter a sua atividade aqui, gerar aqui os seus lucros e, no entanto, pagar os seus impostos fora de portas”.

Na sua intervenção final, Marisa afirmou que “há muitos candidatos que se apresentam a estas eleições como se o país lhes devesse alguma coisa, que o país tem uma dívida com eles e portanto eles apresentam-se. Eu apresentou-me precisamente porque acho que tenho a obrigação de defender a minha geração, que não conhece outra coisa a não ser a austeridade, defender as pessoas mais velhas, que foram atacadas nas suas reformas como nunca, as crianças que não têm acesso à escola pública, e portanto, é para o futuro, porque acredito num futuro de esperança em que a felicidade esteja ao alcance de todos”, concluiu.

Vejo aqui o debate na íntegra:

 
Debate com Henrique Neto

O debate desta noite, com Henrique Neto.#presidenciais2016 #marisa2016

Posted by Marisa Matias on Tuesday, 5 January 2016

Termos relacionados Marisa 2016, Política
(...)