You are here

Quercus denuncia poluição na ria de Aveiro

A Quercus afirma que é “uma descarga poluente de grande dimensão”, aponta o dedo às indústrias localizadas na ria e considera a situação de “extrema gravidade”.
Poluição ria de Aveiro
Foto de Quercus Aveiro | Facebook

Numa nota publicada no dia 16 de maio no Facebook, o Núcleo Regional da Quercus em Aveiro refere que na passada quinta-feira “aconteceu o impensável num país que se diz desenvolvido e que integra a União Europeia.” Segundo os ambientalistas, a espuma ocupava grande parte da ria de Aveiro entre o cais de São Jacinto e o Porto de Aveiro/Barra. 

A Quercus aponta o dedo as indústrias localizadas na ria, daí considerar a situação de “extrema gravidade, na medida em que o efluente provém muito provavelmente de uma estrutura industrial existente na área.”

A Polícia Marítima esteve no local e o SEPNA de Aveiro foi contatado tendo assim dado conta da situação às autoridades competentes.

 

 

Termos relacionados ambiente, Ambiente
(...)